A SEITA

SEITA11A SEITA

 

considero um desaforo

que gente culta , letrada

creia que a moral do Moro

seja de todo ilibada

 

 

considero um descalabro

que gente sábia e sabida

aplauda um anjo macabro

com euforia incontida. . .

 

 

considero uma vergonha

esse vexatório coro

da gente tola e risonha

que bendiz o mau agouro. . .

 

 

considero uma piada

e fico ‘puto da vida’

ao ver minha pátria amada

apartada . . .  dividida

 

 

entre o crente e o que duvida

entre a esquerda e a direita

entre um beco sem saída

e a tempestade perfeita

 

 

enquanto que os urubus

espreguiçam-se  à espreita

vendo um  povo que faz jus

aos absurdos . . . que aceita.    

 

PAULO MIRANDA BARRETO

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição CompartilhaIgual 4.0 Internacional -.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s