O CÉU DA FOTOGRAFIA

foto

 

O CÉU DA FOTOGRAFIA

 

a gente era feliz . . .  e não sabia

que o amor terminaria

transformando-se em algoz

 

 

e após seu apogeu, devoraria

nossa eufórica alegria

feito um sádico feroz. . .

 

 

na foto que tirei naquele dia

-você sorria às margens da baía

enquanto, ao longe, via um albatroz-

 

 

por incrível que pareça, Luzia . . .  não parecia

que o sonho pereceria. . .

que acabaríamos sós. . .

 

 

reféns duma esquipática apatia   

escravos dessa trágica agonia

que assombra e asfixia os girassóis

 

 

Luzia . . . quem diria? quem diria?

a gente era feliz e não sabia

que o céu da fotografia . . .  cairia sobre nós.

 

PAULO MIRANDA BARRETO

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição CompartilhaIgual 4.0 Internacional -.

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s