PRESSÁGIO

pressagio8PRESSÁGIO

 

tenho fé de que nem vou acreditar

quando vir o céu ruir

e o chão tremer

 

 

quando vir o seu castelo desabar

quando vir o seu poder

desvanecer

 

 

eu nem vou acreditar mas, hei de ver

sua trama desfazer-se

e fracassar. . .

 

 

sua claque, seus asseclas a gemer

vendo o circo pegar fogo

e evaporar

 

 

acredite em mim, não ouse duvidar

pois assim será

(ou haverá de ser)

 

 

e a mesóclise que desfazer-se–á

soará como um delírio

démodé.

 

PAULO MIRANDA BARRETO

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição CompartilhaIgual 4.0 Internacional -.

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s