SEM MEIAS PALAVRAS

 

v-de-1

SEM MEIAS PALAVRAS

(resposta para um bom entendedor)

 

nem todo ‘sonhador’ é idealista

nem todo ‘grande ator’ é americano

nem todo mariachi é mexicano

e nem todo indiano é pacifista

 

 

nem todo muçulmano é terrorista

nem é budista todo tibetano

nem todo ‘maconheiro’ é Jamaicano

e nem todo cubano é comunista

 

 

e, ás vezes, a ‘verdade’ é mãe do engano

ás vezes, a ‘verdade’ é  ilusionista

ás vezes, a ‘verdade’ é escuro plano

que finge nos guiar e nos despista

 

 

o Sol . . . segue brilhando ano após ano

sobre o egoísta e sobre o altruísta

e Deus . . .  ama o cristão e o ateísta

aqui, ali ou lá no Vaticano

 

 

e, ás vezes, o sagrado é que é profano

ás vezes, o mais santo é o satanista

ás vezes, o presbítero é mundano

e, casto mesmo, é o sensualista. . .

 

 

nem todo realista é pessimista

e nem todo governo é soberano. . .

não raro, o imoral é o moralista

e, ás vezes, o mais lúcido é o insano

 

 

e eu que não sou ‘tucano’ nem ‘petista’

mas, só um brasileiro, paulistano

poeta assoberbado e suburbano

não tenho ‘fés de fundamentalista’. . .

 

 

então suplico e rogo: não insista

que eu venha a defender algum ‘fulano’

‘de centro’, ‘de direita’ ou ‘esquerdista’

no fim . . . sou eu quem ‘entro pelo cano’

 

 

quem ‘paga o pato’ assado do tirano

e aquele outro (inflado e oportunista)

Não sou covarde não (nem revanchista)

mas, meu bom senso é mais que mediano. . .

 

 

se o meu país é pátria de ‘golpistas’

e de ‘paternalistas puritanos’

também o é de heróis ‘tropicalistas’

artistas e poetas (nada ufanos)

 

 

bem antes dos ‘frissons curitibanos’

e de toda essa sanha ‘justicista’

eu era justo já . . .  sem dar na vista

e honesto . . .  mesmo debaixo dos panos

 

 

se não agrado a gregos e troianos

com minha poesia ‘ultra simplista’

agrado cariocas e  baianos. . .

(e considero isso uma conquista)!

 

 

não quero tomar parte no seu plano

nem dar a cara á capa da revista. . .

não tenho tino para estrategista

nem ‘finjo’ ser um ‘bom samaritano’

 

 

repilo o seu discurso de ‘elitista’

repleto de ‘bordões republicanos’

sou fogo! não sou frio . . .  nem calculista

ao ponto de adular ‘palacianos’

 

 

ás vezes, ‘o eleito’ é um vigarista

(pensando bem . . .  isso é quotidiano)

pode um boçal tornar-se um ‘estadista’

e um sádico . . .  fingir ser manso e lhano

 

 

nem todo brasileiro é bom sambista

nem todo narcisista é coreano

nem todo alagoano é repentista

nem todo extraterrestre é marciano

 

 

nem todo humano sabe ser humano

(eu sei) . . .  e embora possa ser fascista

racista, chauvinista ou franciscano

prefiro ser mais eu . . .  então desista!

 

 

que, ás vezes, a ‘verdade’ é mãe do engano

(ou a mentira é sempre mais bem quista)?

não sei, não sei ,não sei . . . ‘my brother’, ‘mano’

mas, deixe-me de fora dessa lista!

 

PAULO MIRANDA BARRETO

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição CompartilhaIgual 4.0 Internacional -.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s