SERVOS INFIÉIS

servos SERVOS INFIÉIS

 

Quantos filhos do Senhor

penam nos subterrâneos

dos abismos sociais?

E quantos outros se afogam

em mares mediterrâneos

furiosos e abissais?

 

 

Quantos vagam sem destino

fugindo dos assassinos                                                        

nessas guerras infernais?

Mulheres, homens, meninos . . .  

‘ilegais’ e ‘clandestinos’

sem pão, esperança ou  paz!

 

 

E enquanto os anjos deliram

de pavor, urrando ais

o mundo vê na tv

o mundo lê nos jornais

e nada faz, a não ser

tecer lamentos banais

e ouvir o Papa dizer

que ‘todos somos iguais’. . .

 

 

Mas, ai! nos mares bravios

e nos abismos sombrios

e nas fronteiras cruéis

seres humanos, inúmeros

velem menos do que números

ou carimbos em papéis. . .

 

 

Para esses, a igualdade

a justiça e a liberdade

são sonhos quase impossíveis. . .

E os ‘’Grandes’ da humanidade

ante a tanta iniquidade

tomam . . .  ‘medidas cabíveis’

 

 

Descabidas na verdade

Nuas de boa vontade

Brandas, vãs, paliativas. . .

 

Simulacros de bondade

pra atrair notoriedade

flashes, aplausos e vivas. . .

 

 

Lá, nos abismos sombrios

lá, pelos mares bravios

pelas fronteiras cruéis

tudo segue como antes

entre soluções distantes

e inalcançáveis lauréis. . .

 

 

Aos corações humanos, tão vazios

de amor (mas não de ódios doentios)

importam castas, crenças e cartéis. . .

 

 

E a paz do mundo jaz a ver navios. . .

E os lábios do Poder calam-se frios. . .

E Deus nos vê quais servos infiéis. . .

PAULO MIRANDA BARRETO

IMAGEM: FOTOGRAFIA DE CAROL GUZY

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição CompartilhaIgual 4.0 Internacional -.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s