MAIS TOM ZÉ

 

TOM3

MAIS TOM ZÉ

 

meu tom

é mais Tom Zé

que Tom Jobim

 

 

do bojo eu fujo

a jato

eu ajo assim:

 

 

cabeça pelo pé

não pelo sim

 

 

o que é o que é

não é pra mim

 

 

eu vou além do até

pra lá do fim

 

 

eu vim por onde voo

vou de onde vim

 

 

não falo grego

inglês ou mandarim

 

 

soo bom em português

(vaso ruim)?

 

 

só quebro a regra . . . e nego a negação

vazo ruim. . .enfim

(mas soo tão bom)!

 

 

meu tom

é mais Tom Zé

que Tom Jobim

 

 

e a minha poesia

é cor

ação!

 

 

enganação sincera

Serafim!

 

 

Meu salvador Dalí

me salva são

 

 

nas mãos de deus eu li

eu li, eu li

“Verdade”

e desde então

eu só fingi

 

 

eu creio que escrevi

meu nome em vão

 

 

(na sina que assinei

não há senão)

 

 

parti me dividi

em vinho e pão

 

 

e não me endividei

nem me vendi

 

 

e nunca e para sempre

me perdi

me despedi

sem nem pedir perdão

 

 

perdão!

perdão!

perdão!

 

eu vim e vi. . .

e não venci

mas ai! tem nada não!

 

 

eu só perdi o céu

(não perco o chão)

 

e vou que vou. . .

eu voo!

(pra lá daqui).

 

PAULO MIRANDA BARRETO

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s