NOITE EM BRAILE

BRAILE

NOITE EM BRAILE

 

De tanto ser mais eu

fiz brilhar o breu

abalei o baile

 

 

meu olho cego acendeu

e, de per si, percebeu

a Verdade escrita em braile!

 

 

Valsei, venci e fui seu!

Fui demais e fui mais eu!

Azulei meu céu nublado. . .

 

 

E expulsei do peito meu

toda dor que já doeu

só por seu eu . . . a seu lado!

 

PAULO MIRANDA BARRETO

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s