TAQUICARDIA

22

TAQUICARDIA

 

Para você não voltar

guardei-me na escuridão

ergui um muro no mar

cavei trincheiras no chão             

 

 

mudei o rio de lugar

soltei no mato um leão. . .

Só pra você não voltar

eu parei meu coração

 

 

Mas, ele quis disparar

outra vez, na sua mão. . .

 

 

Você voltou pra ficar

(eu fiquei feliz, então).

 

PAULO MIRANDA BARRETO 06/2006

 

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s