OBSCENA EM RISTE

Hilda

OBSCENA EM RISTE

para Hilda Hilst

 

teu olhar é triste

mas você deseja

tanto que persiste

até que assim seja

 

 

aspereza mágica,

trágica beleza

tão lúcida e lógica

que acende a escureza

 

 

não tenho certeza

seja biológica

a sua inteireza. . .

será matemágica?

 

 

obscena em riste

plena de pureza. . .

dá-me, Hilda Hilst

sua rosa acesa!

 

Paulo Miranda Barreto (Maio-2015)

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons – Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Hilda Hilst, ilustração Manuel Depetris

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s