DEIXE OS PEIXES

FISHES1

DEIXE OS PEIXES

 

Se o mar não tá pra peixe,

o mar ainda é o mar!

Ah, calma lá, não se queixe.

 A maré vai melhorar!

 

Se a maré não tá pra peixe,

amar ainda é amar!

O amor é de luz um feixe

que nada pode apagar!

 

Se o mar não tá pra peixe,

você fica sem pescar.. .

Mas calma lá, não se avexe!

Navegue! Vá mergulhar!

 

Se a maré não tá pra peixe

hoje, amanhã há de estar!

Não deixe de amar, não deixe!

O amor não pode acabar!

 

Vá, bora lá, se desleixe

de tanto se lastimar.  . .

Não deixe de amar, não deixe!

Encha de peixes seu mar!

 

O amor é de luz um feixe

que assombra a sombra sem par.. .

(O amor multiplica os peixes,

os pães e a sede de amar!)

 

E se o mar não tá pra peixe,

quem lhe impede de nadar?

Não deixe que nada o deixe

cansado de acreditar!

 

Se a maré não tá pra peixe,

o amor é maior que o mar!

Não deixe de amar, não deixe!

Ah, deixe os peixes pra lá!

PAULO MIRANDA BARRETO-  ( COISAS QUE BRILHAM NO ESCURO 03/2015)

FISHES2

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s