QUINZE

41

QUINZE
Eu vi poemas na areia
e anúncios de lingerie.
Quando a calma cambaleia
nada freia o frenesi.

Não vi luz na lua cheia
quando, tonto, lhe despi. . .
E o Amor está na cadeia
pelo mal que cometi.

PAULO MIRANDA BARRETO-2014

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s